Background Image

História

Conheça a nossa história

  • AMA Amigos Anônimos

    É uma entidade civil, filantrópica, criada em 03 de agosto de 1971. Mantenedora inicial do programa CVV, a AMA passou a atuar de forma independente em 1985, dando continuidade e sustentação ao posto localizado na Av. Osvaldo Aranha, 1092, conjunto 07 (Bom Fim - Porto Alegre), destinado ao apoio emocional e prevenção do suicídio. A instituição mudou-se, mais tarde, para uma sala localizada no Pronto Socorro Municipal de Porto Alegre (HPS), permanecendo neste local por quase três décadas. Ao mesmo tempo, a organização atendeu em outro posto localizado na Estacão Farrapos da Trensurb. Devido a antigo vínculo com a organização inglesa The Samaritans, e seu fundador, Chad Varah, a AMA agrega ao seu nome a denominação "Samaritanos Mundiais".  

    Em novembro de 2011, a AMA transfere-se para a Rua Felipe Camarão, 751, sala 704 (esquina Av. Osvaldo Aranha), bairro Bom Fim, Porto Alegre. Em 2018 inicia atendimentos através das redes sociais, ampliando seus tradicionais apoios telefônicos e presenciais. Considerada uma entidade de Utilidade Pública a nível Municipal e Estadual (também Federal, no tempo que existia essa denominação), a AMA  Amigos Anônimos presta atendimento nos sete dias da semana a pessoas das mais remotas cidades brasileiras, via WhatsApp, Messenger (do Facebook), telefone e pessoalmente. Em 2020, pela primeira vez em sua história, a equipe da AMA (devido a pandemia da Covid-19) passa a atender temporiamente fora de sua sala física, home office, através das redes sociais e telefone celular.

     

    A Fundadora
     

    A profª Zélia Lacassagne (1920-2015) é uma pessoa especial para trabalhadores voluntários e  milhões de pessoas que há meio século são beneficiadas pelos serviços gratuitos de apoio emocional e prevenção do suicídio fundados por ela em Porto Alegre. Com coragem e idealismo, Zélia coordenou a primeira filial do CVV  e presidiu a AMA Amigos Anônimos.  

    No início do trabalho, Zélia contava com poucos voluntários, mas possuidora de uma energia contagiante foi descobrindo outros colaboradores capazes de doar amizade e compreensão incondicional a  desconhecidos. Pessoas invisíveis na multidão, anônimas, tristes e solitárias viriam a encontrar amigos sinceros e capazes de fazê-las acreditar na vida e na solidariedade humana.  Calorosa, mas disciplinada e exigente, ela soube conduzir suas instituições a um crescimento harmônico de quantidade de voluntariado e qualidade de atendimento. Assim os trabalhos adquiriram credibilidade junto à população, às Universidades, à imprensa, ao público em geral.

    Uma mulher à frente de seu tempo

    Sendo uma pessoa de espírito aberto e inovador, Zélia Lacassagne dedica especial atenção aos estudos da Abordagem Centrada na Pessoa, da Psicologia Humanista. Sendo espírita, fundadora da Associação Espírita Casa Francisca Jùlia, ela também fundou e dirigiu organizações sem nenhum vínculo religioso. Jamais recusou um voluntário por este se dizer ateu, pois acreditava que o essencial eram os sentimentos humanitários de uma pessoa e não o seu credo. Zélia exercitava o respeito às diversidades étnicas, sexuais, sociais, religiosas e políticas desde o início de seu ofício como professora, em 1938. Não se deixando levar por rótulos, títulos e aparências, ela sempre buscou conhecer e valorizar a essência da alma humana e preferia ser chamada pelos jornalistas, quando entrevistada, simplesmente como a voluntária 001, Zélia.

    Agentes de Segurança da linha de trens urbanos da Grande Porto Alegre, a Trensurb, fizeram cursos ministrados por Zélia, aprendendo como prestar atendimento mais humano aos usuários do trem. Zélia também participava de coletivas com a imprensa, de encontros promovidos por escolas, universidades, empresas, sempre sensibilizando as pessoas para as causas que abraçara. Ela nunca recebeu qualquer tipo de remuneração por seus trabalhos de Fundadora de três trabalhos filantrópicos, ao contrário, muitas vezes arcou com a responsabilidade de pagamentos extras das entidades, em períodos de dificuldades financeiras destas. Assim Zélia formou uma base sólida de trabalho, pois as três entidades por ela fundadas prestam relevantes serviços sociais até os dias de hoje. 

    CIdadã Emérita

    Em setembro de 1991, Zélia recebe da cidade de Porto Alegre o título de Cidadã Emérita pelos "relevantes serviços em prol da comunidade”. Nada afeita a vaidades e convenções, Zélia reluta em aceitar o título, dizendo não merecê-lo, mas foi convencida pelo argumento de que com isso a prevenção do suicídio receberia mais divulgação, o que de fato acabou acontecendo.

     

    ]Presidentes de Honra da AMA Amigos Anônimos:

    Em 01/01/2018 os plantonistas Sr. Carlos Castilhos e Sra. LIderat Montenegro Berté passaram a ocupar o cargo vitalício de Presidentes de Honra da entidade, após 37 anos de voluntariado na instituição, de forma ininterrupta, assídua e pontual. Além disso, destacaram-se como excelentes colegas e maravilhosos amigos de desconhecidos que procuraram neles o apoio, a palavra amiga, o estímulo para continuarem vivendo.  

     

    Gestão atual da AMA: 

    Atualmente a AMA é presidida pela profª Marilene Conzatti Gil, sendo vice-presidente a drª Dione Donida.

    Secretária: drª Susana López; tesoureira e coordenadora: profª Marinês  C. Gil.

  • Many appealing ways to present information

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.

  • Several appealing ways to present information

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.

  • Numerous appealing ways to present information

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.

    Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem.